Conheça nossos planos de saúde

Quem trabalha remotamente acha mais fácil ter dias de descanso?

Pesquisa exclusiva da Alice avaliou como estão os hábitos de saúde dos trabalhadores de todas as regiões do país.

Amanda Milléo
4 min. de leitura
Quem trabalha remotamente acha mais fácil ter dias de descanso?

Quem trabalha remotamente acha mais fácil ter dias de descanso?

Tamanho do texto

Fácil ou extremamente fácil? Nem todo mundo tem o privilégio de poder tirar férias ou dias de folga quando quiser ou na quantidade de dias que achar melhor – mas alguns brasileiros sim, e o modelo de trabalho, às vezes, facilita isso. 

De acordo com os dados de uma pesquisa nacional da Alice, 53,8% dos trabalhadores que atuam no modelo remoto ou home office consideram fácil ou muito fácil tirar dias de descanso do trabalho. 

Em comparação, apenas 39,8% de quem atua de forma presencial têm a mesma facilidade e, entre quem trabalha de forma híbrida, 43%. 

E quem considera mais difícil? Quem atua de forma presencial: 46,3% dos entrevistados que trabalham apenas presencialmente acham um pouco ou muito difícil ter dias de descanso. 

Em segundo lugar, o modelo híbrido: 40,9%. Já os remotos, 28,3% têm a mesma dificuldade. 

Os dados são de uma pesquisa realizada pela Alice com a Opinion Box, em parceria com Beneficência Portuguesa, Caju, Fleury, Gupy, O Futuro das Coisas e Zazos. O estudo “Como anda a saúde dos colaboradores nas empresas brasileiras” entrevistou mil pessoas, de todas as regiões do Brasil, de forma online, entre os dias 4 e 11 de outubro de 2023.

Já pode colocar a imagem de férias do trabalho no celular?

Apesar de ser um direito garantido pela CLT a quem atua sob esse regime de trabalho, cabe ao empregador determinar qual é a melhor data para as férias do colaborador – depois de um ano de trabalho. 

Em geral, as empresas aliam o desejo do colaborador com a liberação do empregador, e assim todo mundo fica feliz. Mas, conforme apontam os dados coletados na pesquisa da Alice, o modelo de trabalho pode interferir nessa decisão. 

Entre quem trabalha de forma presencial, por exemplo, 35,1% disseram que não têm liberdade de escolher quando vão poder tirar férias. 

Para quem atua de forma remota, a dificuldade é compartilhada por apenas 21,4% dos respondentes. 

Já os híbridos, 21,4% têm a mesma experiência. E a maior facilidade fica entre eles: 84,1% de quem passa parte no escritório e parte em home office consegue negociar as férias de forma mais fácil.

Se uma empresa tiver dificuldades em liberar o modelo híbrido aos funcionários, além de rever os dados da pesquisa da Alice, vale buscar soluções que ofereçam espaços de trabalho flexíveis, como os coworkings. O Workpass, vale-escritório da WeWork, por exemplo, é um benefício que possibilita o colaborador trabalhar nos 32 prédios da WeWork no país. 

De acordo com dados da WeWork, 81% dos trabalhadores consideram o modelo híbrido o mais adequado e 95% consideram a flexibilidade como um fator importante para um novo emprego.

Para a empresa, ter essa possibilidade reduz em até 70% os custos de manutenção dos escritórios tradicionais, pois o pagamento é feito apenas pelo uso. 

Além da infraestrutura completa com copa, wi-fi e impressoras, essa possibilidade permite um equilíbrio melhor na rotina dos trabalhadores e, por consequência, mais produtividade ao time, segundo a WeWork. 

Calculadora de férias: menos ou mais dias?

De acordo com a Harvard Business Review, tirar férias não melhora apenas a saúde física, a partir do descanso merecido. A mente e até a alma saem beneficiada dos dias sem trabalho. 

O impacto cognitivo do trabalho, segundo a publicação, pode levar a:

  • Fadiga cognitiva;
  • Dificuldade de concentração;
  • Esquecimento;
  • Impacto na habilidade de resolver problemas.

Ter dias de férias ajudaria nessa recuperação, especialmente a partir do descanso e da recuperação do sono – que também é afetado pelos modelos de trabalho, segundo os dados da pesquisa da Alice.

Quando questionados se os entrevistados se sentem pressionados a tirarem menos ou mais dias de férias do que gostariam, 28,1% dos trabalhadores que atuam presencialmente disseram que sim. A menor resposta ficou entre os que trabalham de forma remota ou home office: apenas 22,8% têm a mesma pressão.

Entre os híbridos, 26,5% disseram que sim – e eles representam a maioria do outro lado: 73,5% disseram que não sentem qualquer pressão do tipo. 

Alice tem o plano de saúde certo para a sua empresa!

A Alice é um plano de saúde com um Time de Saúde que está preparado para ajudar seus colaboradores a resolverem qualquer queixa de saúde, com atendimento feito por médicos e enfermeiros 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Nossa cobertura é nacional, com uma rede credenciada de excelência, incluindo os melhores hospitais e laboratórios, e especialistas escolhidos a dedo.

E olha só que prático: todas as informações que os nossos membros precisam para cuidar da sua saúde estão no app: encaminhamento e agendamento de consultas e exames, receitas, resultados integrados, histórico… A nossa coordenação de cuidado amarra todas essas pontas para que a gente acompanhe a jornada de cada pessoa e possa oferecer o melhor cuidado, de forma eficiente e resolutiva.

O resultado são colaboradores mais saudáveis e que amam a experiência de ter Alice.

Tudo isso com uma experiência incrível para o RH, com contratação rápida, sem burocracia, e com controle de custo.

Bora oferecer mais saúde para a sua equipe?

O que achou desse artigo?

Média: 1,00 / 1 votos

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas

Ao navegar neste site, você está de acordo com a nossa Política de Privacidade

Quanto custa o plano de saúde Alice?

Faça uma cotação para a sua empresa

Plano de saúde empresarial da Alice

Os melhores hospitais, laboratórios e atendimento 24 horas pelo app para cuidar dos seus colaboradores.

Ver planos