Conheça nossos planos de saúde

Cultura da empresa: 5 dicas de como crescer sem perdê-la

Fortalecer a cultura da empresa é uma ótima estratégia para negócios que crescem, mas não querem perder o seu jeitinho, a sua essência.

Time Alice
| Atualizado em
7 min. de leitura
Cultura da empresa

Cultura da empresa

Tamanho do texto

Um grande desafio de negócios que estão em franco crescimento é manter a cultura da empresa, aquele jeito de trabalhar que diferencia um business do outro.

E tem muita gente nesse estágio. Só para te dar um exemplo, de acordo com o mapeamento feito pela Associação Brasileira de Startups, em 2021, existem cerca de 14 mil empresas desse tipo no Brasil. Destas, 55% estão em fase de operação ou de tração, o que significa que elas ganharam maturidade e estão perto de subir para outro degrau: o de escala. 

É nessa etapa que a companhia se consolida no mercado e um novo desafio pode surgir: seguir crescendo, mas sem perder ou desvirtuar o propósito lá do início.      

Quer saber como? Então confira 5 dicas de como crescer sem perder a cultura organizacional.

1. Estabeleça a cultura organizacional da empresa desde o princípio 

No ramo de startups é comum pairar uma certa ansiedade em fazer o business sair logo do papel e decolar. 

Como há muita coisa a ser pensada (estrutura, gente para compor o time, financiamento, marketing e questões burocráticas), a cultura que se deseja para a empresa acaba ficando em segundo plano. 

Mas inverter essa lógica pode ser a melhor forma de pavimentar um caminho de sucesso. 

Quando os pilares da cultura – missão, visão e valores – são pensados desde o início para guiar todas as ações, a probabilidade de fortalecê-los só aumenta. 

Aqui na Alice foi assim. Foi uma construção feita durante algumas rodadas de conversa entre o founding team {cerca de 20 pessoas na época} para responder perguntas, como “O que é importante para nós como organização?”, “O que é importante para nós como time?”, “Quais são as crenças, atitudes e comportamentos das quais não abrimos mão?”.

Essa foi a base para a definição de muitas outras coisas, como a formação das equipes, o modelo de trabalho e até a maneira como nos relacionamos com os membros. 

“Tudo foi definido em conjunto para garantir que a nossa essência estivesse presente em tudo que fazemos. É muito importante investir tempo para pensar a cultura, ter muito cuidado desde o início, para que todos no time estejam alinhados.”

Sarita Vollnhofer, responsável pela área de People da Alice.

>> Livros de empreendedorismo: 5 best-sellers para se inspirar

Detalhar cada valor da empresa {aqui na Alice chamamos de virtudes!} também é importante para que não haja dúvidas entre as pessoas que compõem o time. 

Depois disso, essas virtudes precisam ser praticadas no dia a dia. Isso vai muito além de pendurar a velha plaquinha na entrada com missão e visão, hein? Vamos falar mais sobre isso logo na sequência.

2. Avalie {e sempre reavalie!} o fit cultural do time 

A contratação de pessoas também requer atenção desde o início da empresa.

Se a ideia é cultivar e fortalecer a cultura, o fit cultural dos candidatos merece ter peso nas seleções. 

“O fit cultural é a probabilidade de alguém refletir e ser capaz de se adaptar às crenças, atitudes e comportamentos centrais que compõem sua organização”, define publicação da Harvard Business Review.

Por essa perspectiva, as pessoas envolvidas nos processos de recrutamento devem avaliar se os candidatos têm as hard e soft skills desejáveis para a função mas também alinhamento com os valores da organização. 

>> Hard skills e soft skills: o que são e as principais diferenças

E depois que as pessoas já estão no time, vale sempre acompanhar se elas estão realmente envolvidas com os propósitos da empresa. 

Isso pode ser feito, por exemplo, nas avaliações de desempenho, que servem de base para várias decisões, como promoções, treinamentos e desligamentos. 

E quando identificado que determinados colaboradores não estão alinhados aos valores organizacionais, é recomendável investir em feedbacks constantes e conectar esses funcionários a colegas que sejam referência nas virtudes.

>> Rituais para uma boa avaliação de desempenho

3. Transforme os gestores em embaixadores da cultura

Para que as virtudes sejam incorporadas por todos que fazem parte da empresa, nada melhor do que contar com pessoas que deem o exemplo todos os dias. 

E quem cumpre melhor esse papel? Os líderes, que são as principais referências dos colaboradores.

“O alinhamento do gestor precisa ser muito forte. O líder tem que ser o maior embaixador da cultura, porque ele é responsável por formar, desenvolver e engajar o time”, lembra Sarita. 

>> Dá para engajar funcionários com saúde? Corre aqui

A preparação da liderança para fortalecer a cultura da empresa pode começar também na contratação.  

Explicar e reforçar a postura que se espera na empresa é um primeiro passo. 

Em seguida, a dica é avaliar bem se os profissionais cotados para um cargo de gestão acreditam no propósito da empresa {sabe aquele brilho no olho?}, se eles se adequam ao modelo de trabalho e, sobretudo, praticam as atitudes esperadas no dia a dia.

>> O que é people analytics? Saiba a importância do uso de dados no RH

4. Reforce a cultura em todas as atividades e rituais 

Outra forma de deixar claro para todos que a cultura estará sempre em primeiro lugar é inseri-la em todas as atividades da empresa – dos detalhes aos rituais. Sempre deve-se questionar: esta iniciativa está alinhada à nossa cultura?

“Em qualquer reunião na Alice – seja do time, seja o nosso all hands semanal ou um board meeting – a gente começa com um slide da nossa missão, que é tornar o mundo mais saudável. É para sempre lembramos por que estamos aqui. E se um dia a gente fizer algo que não contribui para isso, é porque tem alguma coisa errada”, explica Sarita Vollnhofer. 

Além disso, em momentos de comemoração e reconhecimento, sempre pensamos em como reforçar a nossa cultura. Já demos por exemplo um kit com toalha de academia para encorajar o nosso time a praticar atividade física. E nossos eventos contam com opções de comidinhas saudáveis. É aquela história: casa de ferreiro, espeto de ferro. O mundo mais saudável é da porta pra fora e pra dentro.

Aliás, até o nosso novo office foi totalmente pensado a partir das nossas virtudes. Um exemplo: temos um auditório em formato de arena. É um espaço para reuniões, treinamentos, eventos e gravações, a concretização literal da nossa virtude “Vamos para a Arena”.

>> Novo office da Alice tem projeto inédito para o trabalho híbrido

5. Invista em uma comunicação interna que fortaleça a cultura da empresa

E mais um caminho para difundir os valores da empresa de forma constante entre os colaboradores é criar uma boa estratégia de comunicação interna

Com informações relevantes sendo divulgadas em sintonia com os valores da organização, as pessoas ficam por dentro do que rola na firma e, principalmente, de como as coisas se alinham ao propósito pelo qual trabalham. 

Isso tem reflexo na motivação, no engajamento, na integração, no senso de pertencimento e principalmente nas entregas individuais e coletivas. 

“A comunicação interna é uma ferramenta essencial para fortalecer e ampliar a cultura. Cada ação voltada ao público interno deve estar atrelada a uma das virtudes da empresa e isso precisa ficar evidenciado para as pessoas. É necessário ser muito intencional”, destaca Talita Abrantes, da área de Culture & Internal Comms da Alice. 

Alice tem o plano de saúde certo para a sua empresa

A Alice é um plano de saúde com um Time de Saúde que está preparado para ajudar seus colaboradores a resolverem qualquer queixa de saúde, com atendimento feito por médicos e enfermeiros 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Nossa cobertura é nacional, com uma rede credenciada de excelência, incluindo os melhores hospitais e laboratórios, e especialistas escolhidos a dedo.

E olha só que prático: todas as informações que os nossos membros precisam para cuidar da sua saúde estão no app: encaminhamento e agendamento de consultas e exames, receitas, resultados integrados, histórico… A nossa coordenação de cuidado amarra todas essas pontas para que a gente acompanhe a jornada de cada pessoa e possa oferecer o melhor cuidado, de forma eficiente e resolutiva.

O resultado são colaboradores mais saudáveis e que amam a experiência de ter Alice.

Tudo isso com uma experiência incrível para o RH, com contratação rápida, sem burocracia, e com controle de custo.

Bora oferecer mais saúde para a sua equipe?

O que achou desse artigo?

Nenhuma avaliação

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas

Ao navegar neste site, você está de acordo com a nossa Política de Privacidade

Quanto custa o plano de saúde Alice?

Faça uma cotação para a sua empresa

Plano de saúde empresarial da Alice

Os melhores hospitais, laboratórios e atendimento 24 horas pelo app para cuidar dos seus colaboradores.

Ver planos